(81) 99975-9997

Pernambuco

Programa Caminhos de Pernambuco inicia obras na PE-636

Publicada em 23/07/19 as 17:38h por Plantão 365


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Reprodução)

As ações do Programa Caminhos de Pernambuco, que está requalificando a malha viária estadual, entram em nova fase no Sertão do Estado. As intervenções do plano chegaram nesta terça-feira (23/7) à PE-636, via que integra os perímetros irrigados em Petrolina. A recuperação da rodovia vai garantir o escoamento da produção agrícola e facilitar a mobilidade na região. Serão realizados os serviços de capinação, desobstrução dos dispositivos de drenagem, requalificação asfáltica e, posteriormente, a sinalização. A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos e executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). A previsão de conclusão da obra é no final do mês de agosto.

 


Outro acesso aos perímetros irrigados em Petrolina, a PE-638, também será contemplada pelo programa no próximo mês.  As duas rodovias foram vistoriadas pela Secretaria de Infraestrutura e as intervenções estão sendo realizadas com vista na intensificação da exportação que se inicia a partir de agosto. “A reestruturação dessas PEs vai fortalecer a economia local e estimular o desenvolvimento da agricultura irrigada, por meio da garantia das condições de trafegabilidade dos perímetros”, afirma a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco, Fernandha Batista.

 


Os perímetros são áreas voltadas para o desenvolvimento da região semiárida através da agricultura. São coordenados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), que atua, entre outras coisas, na construção de infraestrutura física para dar suporte às ações, embora não tenha disponibilizado recursos para realizar as melhorias nas estradas.

 


O PROGRAMA – Caminhos de Pernambuco vai investir R$ 505 milhões na recuperação de 5.554,5 quilômetros de rodovias até 2022. O foco está nos serviços de capinação, desobstrução dos dispositivos de drenagem, requalificação asfáltica, além de sinalização vertical e horizontal. As intervenções propostas foram resultados de análises técnicas, que indicaram o tipo de material e intervenção necessária para cada situação identificada nas estradas. Para otimizar os serviços, as rotas foram traçadas de acordo com a logística de cada região, levando em conta o escoamento de produção, rota turística e, inclusive, fatores climáticos, para a definição do calendário de execução das obras. Com informações da Comunicação Seinfra PE. Por Pâmella Cavalcanti/Gestora de Comunicação

 





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








.

LIGUE E PARTICIPE

Copyright (c) 2019 - Plantão 365